Conheça os problemas causados pela insônia e quais as orientações

Passar a noite em claro na companhia dos amigos é sempre motivo de alegria. Perambular pela casa sozinho enquanto todos dormem, porém, pode ser sinal de que algo não vai bem. Isso porque falta de sono por várias noites seguidas é um sintoma clássico de insônia, mal que atinge principalmente as mulheres e os idosos.

Mais do que noites mal dormidas e cansaço, a insônia também traz problemas de concentração e risco de acidentes. Por isso, deve ser tratada com seriedade. Dessa forma, o primeiro passo para combater o problema é procurar a ajuda de um médico especializado no assunto.

Orientação 

Para quem sofre com a insônia, é comum sentir cansaço e sonolência durante o dia, além de dificuldade de concentração e falta de energia para a realização das tarefas cotidianas. O problema causa ainda alterações no humor, ansiedade e dor de cabeça.

Muitas vezes, porém, esses sintomas não são atribuídos à insônia. Por ser um problema de difícil diagnóstico, o paciente precisa se submeter a uma rigorosa análise de seu histórico clínico antes de iniciar tratamento

Tipos

Cerca de 30% dos adultos enfrentam o problema em algum momento da vida. Existem tipos diferentes de insônia: dificuldade para pegar no sono, dificuldade para manter o sono, acordar precocemente ou sono de baixa qualidade. Cada um deles necessita de cuidados diferentes. Dessa forma, contar com a ajuda de um especialista faz muita diferença.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Siga-nos e curta: