SOBRE O PROJETO

Terapia de grupo aos servidores do IASPI SAÚDE- IAPEP*

A Clínica Cuidarte, referência em psicologia no Piauí, lança o projeto “TRANS- FORMA- AÇÃO” Terapia em Grupo”, exclusivo para servidores do IASPI Saúde – IAPEP.

O projeto visa promover saúde e bem-estar por meio da interação, no intuito de orientar a lidar com as emoções e a trilhar o caminho do autoconhecimento.

O Projeto tem caráter permanente, os grupos possuirão no máximo dez participantes com sessões que durarão em média 1h30, uma vez por semana durante dois meses.

Transforme sua vida!
Inscreva-se no projeto TRANS- Forma- Ação • Clínica Cuidarte

COMO FUNCIONA?

1 – Escolha o grupo que mais se adequa à sua necessidade de acordo com as opções abaixo.
2 – Preencha o cadastro ao lado informando: Nome, Idade, Telefone e Grupo.
3 – Aguarde o contato da Clínica Cuidarte para agenciarmos seu dia e horário

GRUPOS DISPONÍVEIS

  1. Grupo de Estimulação Cognitiva
    – Para idosos com algum tipo declínio cognitivo leve ou moderado.
    – Psicóloga Responsável: Rosiane Lima – CRP 21/0854
    – Público-alvo: adultos acima de 60 anos
    Seja Você e viva mais Feliz!
  1. Grupo de Orientação Profissional
    – Neste programa, o participante terá a oportunidade de identificar suas forças e virtudes e assim, decidir de forma mais segura seu caminho profissional!
    – Psicóloga Responsável: Rosiane Lima – CRP 21/0854
    – Público-alvo: 17 a 25anos
    Seja Você e viva mais Feliz!
  1. Grupo de Acolhimento para Pais de crianças com deficiência
    – Acolhimento a cuidadores de crianças com deficiências, visto que, o autocuidado repercute em toda a manutenção do grupo familiar.
    – Psicóloga Responsável: Rosiane Lima – CRP 21/0854
  2. Emagrecendo
    – Se você tem dificuldades para se firmar em uma dieta e gostaria de se apropriar de técnicas para fortalecer a sua mente e suas emoções perante a comida, a terapia em grupo será uma experiência rica em sua vida, possibilitando uma maior consciência para mudança de hábitos.
    – Psicóloga Responsável: Rosiane Lima – CRP 21/0854
  3. GRUPO Meditação: “Saia do piloto automático: aplicando as habilidades de atenção plena à vida cotidiana”
    O grupo tem por objetivo levar os participantes a desenvolverem habilidades de atenção plena. É a nossa capacida estar plenamente consciente do momento presente, de forma intencional, sem julgar julgamentos. Em diversos estudos científicos, Mindfulnesstem sido é considerada uma das principais estratégias de prevenção e redução de estresse e adoecimento psicológico.
    – Psicólogo responsável: Flávio Júnior Soares de Oliveira – CRP 21º 02842
  4. GrupoTransição capilar, auto aceitação e saúde mental
    – Nosso corpo é mais do que carne e ossos, é parte fundamental da nossa constituição psíquica,por isso tudo a que nosso corpo está sujeito interfere na nossa saúde mental, auto estima, auto amor. E o cabelo é parte importante desse corpo, investimos tempo e dinheiro nele a vida toda. Qual a razão de alisar? O que é a transição capilar? Como esses processos afetaram e afetam a saúde mental das pessoas? Não há respostas fixas, há histórias de vida.
    – Psicóloga responsável: Joice Santos CRP21/03420
  5. Grupo População LGBTQI+, família, direitos e saúde
    – Como as familias estão lidando ou escolhendo não lidar com essa mudança social interfere na saúde mental da população LGBTQI+ e também das familias. Como lidar com as mudanças? Como acolher? Como Conversar?
    – Psicologa responsável: Joice Santos CRP21/03420
  6. Grupo Sexualidade Masculina
    – Disfunções sexuais e saúde sexual dos homens maduros.
    Psicóloga responsável: Kyslley Urtiga – Terapeuta Sexual CRP21/0516
  7. Grupo Sexualidade Feminina
    – Climatério, Insônia e depressão. Qual a relação entre eles e o que posso fazer para viver minha sexualidade nesta fase.
    Psicóloga responsável: Kyslley Urtiga – Terapeuta Sexual CRP21/0516
  8. Grupo Sono e sonhos melhores para o mundo
    – Distúrbios do sono (Trabalho voltado para identificação e tratamento, buscando melhorar a qualidade e higiene do sono.)
    Psicóloga responsável: Kyslley Urtiga – Psicologa do sono CRP21/0516
  9. Grupo Ser mulher: Ressignificando sentidos!
    – O grupo tem por objetivo acolher mulheres e, numa perspectiva terapêutica possibilitar autocuidado, fortalecimento e ressignificações de sentidos quanto ao “ser mulher”, diante de uma estrutura social, histórica e cultural que impede a expressão autêntica da mesma nos variados aspectos que rodeiam o seu existir. Público Mulheres a partir de 16 anos.
    – Psicóloga responsável: Samantha Carvalho CRP21/02430
  10. Grupo Autocuidado – Ressignificando o Ser
    – O grupo tem como objetivo o acolhimento de pessoas que estão em busca de se autoconhecer, visando uma ampliação da consciência, pensamentos, emoções, percepções, escolhas, consequências, responsabilizações.
    Psicólogo responsável: Nathan Cunha CRP21/03433
    Público: Pessoas a partir dos 18 anos.
  11. Grupo Acolher(dor) – Ressiginificando a Violência
    – O grupo tem como objetivo o acolhimento de pessoas que sofreram violência sexual, partindo do sentido subjetivo e a representação psicológica da violência, procurando elaborar estratégias de enfrentamento e promover sua ressignificação, através de instrumentos e técnicas psicológicas, a fim de contribuir no fortalecimento emocional e promoção de sáude dessas pessoas.
    Psicólogo responsável: Nathan Cunha CRP21/03433.
    Público: adolescentes de 14 a 17 anos.
  12. Grupo Rede Social, isolamento e os usos da raiva
    – O mundo está conectando 24h, sabemos da vida das pessoas e as pessoas das nossas vidas por telas de celular. Se alguém nós irrita: excluímos ou bloqueamos com clicks. Nosso sentimentos e emoções estão projetandos nas telas dos nossos celulares, 2mil “amigos” e vários seguidores, mas quantas dessas pessoas realmente se pode contar? As redes de amizade no mundo “real” estão mais difíceis de criar, as pessoas estão cada vez se sentindo mais solitárias, isoladas e assim como a carência encontra destino em um clique a raiva também, pessoas com raiva se atacam na rede social diariamente. Há limite entre real e virtual? É possível dosar? Vamos falar disso.
    – Psicóloga responsável: Joice Santos CRP21/03420
  13. GRUPO: Treinamento de habilidades socias em grupo: Uma ferramenta da terapia comportamental
    – O treinamento de habilidades sociais consiste numa preparação baseada em contextos diversos onde as relações interpessoais se faz presente, tendo em vista que essas relações são parte integrante da natureza humana e permeiam nossa existência de forma direta ou indireta durante todo nosso desenvolvimento humano. Sendo assim, o treinamento de habilidades sociais é uma ferramenta da terapia comportamental para ajudar pessoas no processo de lapidação ou ampliação de suas habilidades sociais.
    – Psicólogo responsável: Elton Pereira da Silva – CRP: 21/IS037
  14. Grupo Como lidar com a timidez e ansiedade social: estratégias cognitivo-comportamentais
    – Os encontros terapêuticos terá como objetivo desenvolver habilidades da terapia cognitivo comportamental no indivíduo para o mesmo aprender a lidar melhor com seus sentimentos de inadequação social. Ensinar o indivíduo a identificar e questionar seus pensamentos, se expor a situações estressantes, a ter mindfulnessdiante de situações estressantes, são exemplos de algumas estratégias que serão trabalhadas.
    – Psicólogo responsável: Mateus Carvalho CRP21/03666
  15. Grupo Combatendo a solidão: aprendendo habilidades sociais
    – O objetivo do grupo terapêutico será desenvolver habilidades sociais em pessoas que tem dificuldade de socialização e se sentem sozinhas na vida cotidiana ou se isolam completamente, melhorando dessa forma a competência social e a qualidade dos relacionamentos interpessoais.
    – Psicólogo responsável: Mateus Carvalho CRP21/03666
  16. Grupo Adoecimento e a clínica da inclusão
    – Sindrome de Burnout.  Voltando ao trabalho depois de uma licença (Como me sinto? Não quero a mesma função? Tenho vontade de ficar em casa?)
    – Psicologa responsável: Aline Kiara CRP/2102726
  17. Grupo Auto- afirmar-se para comunicar eficazmente
    – Desenvolvendo habilidades para expressar de forma direta os pensamentos e sentimentos. Cada pessoa tem o direito de ser e de expressar a si mesma, e sentir-se bem (sem culpas) por fazer isso, desde que não fira seus semelhantes no processo. O comportamento assertivo torna a pessoa capaz de agir em seus próprios interesses, a se afirmar sem ansiedade indevida, a expressar sentimentos sinceros sem constrangimento, ou a exercitar seus próprios direitos sem negar os alheios. É nosso propósito, orienta-lo para que obtenha um repertório de comportamento assertivo mais adequado para que escolha respostas apropriadas e satisfatórias em várias situações.
    – Psicólogo responsável: Helielson Fonseca CRP21/02974
  18. Grupo – Prevenindo Recaídas
    Psicóloga Responsável: Rosiane Lima – CRP 21/0854
    Seja Você e viva com Saúde
    Possibilitar às pessoas a partir dos melhores métodos, que avaliem o histórico que elas vivem e/ou viveram, promovendo mudanças significativas no presente, para que possamos assistir de maneira continua a reabilitação futura.

FAÇA SEU CADASTRO AQUI

Digite seu nome completo